FANDOM


 
Gametitle-FNV
Gametitle-FNV

REPCONN Aerospace (Rocket Engineering and Production COmpaNy of Nevada, ou EMpreSa de Engenharia e Produção de Foguetes de Nevada {EMSEPFN} em tradução livre)[1] foi uma empresa com base em Nevada especializada na manufatura de foguetes primariamente para o governo dos E.U.A. Sua base e campo de teste ainda podem ser encontrados na Mojave Wasteland.

Background

REPCONN era uma forte firma regional aeroespacial, a contribuidora chave para campanhas políticas em Las Vegas. Eles operavam em instalações de teste em Black Mountais ao sul. A empresa foi comprada pela gigante RobCo pouco antes da Grande Guerra, através de uma aquisição hostil. Novas medidas de segurança foram instaladas e a empresa começou a planejar projetos de cunho militarizado.[2]

Foi fundada em 2054 após o desenvolvimento e lançamento do Delta IX. Sua proposta original era desenvolver sistemas de propulsão orbital. Sua primeira pesquisa foi de propulsão baseada em fissão nuclear. Esta então foi substituída por propulsão baseada em plasma.

A empresa possuía grande pontencial. Então, dois gigantes corporativos, Poseidon Energy e a RobCo Industries tentaram comprar a empresa. Enquanto as tentativas iniciais foram impediadas pelo Conselho Administrativo, sob a liderança do Vice-Presidente Leonard Steeple e a Diretora do Escritório Financeiro Julia Masters, a REPCONN foi eventualmente comprada.

Steeple tentou agitar o conselho e pediu ajuda à Masters. Julia concordou oficialmente a ajudá-lo, mas ela estava trabalhando em segredo para o Diretor Geral Piers Isley para minar a posição de Steeple na companhia e fazer com que o Conselho desse um voto de desconfiança no Vice-Presidente, após ele recusar vender sua parte da REPCONN, com o objetivo de manter sua independência e integridade.

Em 2075, Steeple foi afastado de seu cargo e a empresa foi comprada pela RobCo Industries após o desastroso acidente durante o teste de um dos foguetes da REPCONN. Carl Rook se tornou o novo Vice-Presidente e seu primeiro ato foi melhorar a segurança e iniciar um programa de desenvolvimento armamentista para o Coronel Moretti do Exército dos EUA. Mais tarde, Steve Reynolds, a causa do acidente (ele fez com que a equipe de P&D sabotasse o fogeute) forçou o Engenheiro Sênior Martin Neimeyer, que sabia do papel empenhado por Reynold no incidente, a renunciar.

REPCONN e a RobCo sofreram grandes danos à sua imagem após a aquisição. Em um esforço promocional, a REPCONN lançou uma linha de souvernirs em forma de foguete cheio de agente inflamável que o fazia brilhar. Algumas crianças acabaram bebendo-o achando que era algum tipo de Nuka-Cola, deixando-as doentes. Os souvenirs foram descartados e problemas internos cresceram com o despertar da opinião pública negativa.

Em 2076, o projeto do Modulador Q-35 Matter (baseado em partes recicladas do foguete de propulsão à plasma da REPCONN) estava à caminho. O primeiro protótipo funcional foi completado usando um projeto roubado baseado nas plantas do Semele, que foi adquirido pelas fontes de Carl Rook na Poseidon Energy.

Notas

O nome da empresa está, erronêanente, escrito como REPCON em alguns postêrs.

Bastidores

50 Vault-Tec C.E.O.O conteúdo a seguir é baseado em informação não verificada e não é considerado canônico.
  • REPCONN é uma referência à PEPCON, uma empresa real que, até os anos 90, fabricava combustível espacial em Henderson, Nevada, perto de Las Vegas. As instalações da PEPCON foram destruídas em um incêndio e explosões massivas.
  • O logo da REPCONN lembra o da Boeing, uma grande fabricante defesa/aeroespacial.
50 Vault-Tec C.E.O.Fim da informação baseada em conteúdo cortado do informação não verificada.

Galeria

Ver também

Referências

  1. Fallout: New Vegas Strategy Guide
  2. Fallout: New Vegas Official Game Guide